Matrícula ou Email: Senha: Esqueci a senha 




Índice
Legislação
CP 129 - Lesão Corporal  

 
 
   

Classificação pela gravidade

  • Só se aplica ao crime DOLOSO
    • direto
      • por querer
    • indireto (ou eventual)
      • sem querer querendo

Lesão corporal de natureza leve (não grave e não gravíssima) (esta expressão não está no código)

Art. 129 - Ofender a

  • integridade corporal ou a
  • saúde de outrem:

Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano. 3M1A

Lesão corporal de natureza grave

§ 1º - Se resulta:

  • I - incapacidade para as ocupações habituais, por mais de 30 (trinta) dias;
  • II - perigo de vida;
  • III - debilidade permanente de membro, sentido ou função;
  • IV - aceleração de parto:

Pena - reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos. 1A5A

Lesão corporal de natureza gravíssima (esta expressão não está no código)

§ 2º - Se resulta:

  • I - incapacidade permanente para o trabalho;
  • II - enfermidade incurável;
  • III - perda ou inutilização de membro, sentido ou função;
  • IV - deformidade permanente;
  • V - aborto:

Pena - reclusão, de 2 (dois) a 8 (oito) anos. 2A8A




Lesão corporal seguida de morte (Homicídio Preterdoloso) (esta expressão não está no código)

§ 3º - Se resulta morte e as circunstâncias evidenciam que o agente não quis o resultado, nem assumiu o risco de produzi-lo:

Pena - reclusão, de 4 (quatro) a 12 (doze) anos. 4A12A


Diminuição de pena  (¯ 1/6 a 1/3)

§ 4º - Se o agente comete o crime

  • impelido por motivo de relevante valor
    • social ou
    • moral ou
  • sob o domínio de violenta emoção,
    • logo em seguida a
    • injusta provocação da vítima,

o juiz pode reduzir a pena de um sexto a um terço.


Substituição da pena

§ 5º - O juiz, não sendo graves as lesões, pode ainda substituir a pena de detenção pela de multa:

  • I - se ocorre qualquer das hipóteses do parágrafo anterior;
  • II - se as lesões são recíprocas.

Lesão corporal culposa (sem querer)

§ 6º - Se a lesão é culposa:

Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano. 2M1A


Aumento de pena  (1/3)

§ 7º - Aumenta-se a pena de um terço, se ocorrer qualquer das hipóteses do art. 121, § 4º.

  • CULPOSO
    • "§ 4º - No homicídio culposo, a pena é aumentada de um terço, se o crime resulta de
      • inobservância de regra
        • técnica de profissão,
        • arte ou
        • ofício, ou se
      • o agente
        • deixa de prestar imediato socorro à vítima,
        • não procura diminuir as conseqüências do seu ato, ou
        • foge para evitar prisão em flagrante.
  • DOLOSO
    • Sendo doloso o homicídio, a pena é aumentada de um terço, se o crime é praticado contra
      •  pessoa menor de 14 (catorze) anos.

Não aplicação da pena (esta expressão não está no código)

§ 8º - Aplica-se à lesão culposa o disposto no § 5º do art. 121.

  • § 5º - Na hipótese de homicídio culposo, o juiz poderá deixar de aplicar a pena, se as conseqüências da infração atingirem o próprio agente de forma tão grave que a sanção penal se torne desnecessária.

Synopses  - Penas 129 CP

  2M 3M 1A 2A 4A 5A 8A 12A
Culposa                
Dolosa Leve                
Dolosa Grave                
Dolosa Gravíssima                
Preterdolosa                

 

Diminuição ¯ 1/6 a 1/3
Aumento 1/3

 



Webmaster
Malthus

Este site está sendo monitorado, como parte dos Trabalhos do Professor
Malthus Fonseca Galvão
Todas as ações implementadas neste site ficam gravadas em um banco de dados
com finalidade de pesquisas e melhorias do sistema.

©Os direitos autorais deste Sítio são protegidos pela Lei 9610 de 19/02/1998. Todos os programas de computador, métodos e bancos de dados utilizados neste Sítio foram desenvolvidos pelo Prof. Malthus Galvão. O conteúdo é propriedade dos respectivos autores. Toda violação destes direitos de propriedade estará sujeita às penalidades prescritas em lei.
Este sítio está em constante remodelação e pode conter erros!!!